DESTAQUE

Antigo e raro livro do século XVII sobre vida extraterrestre é descoberto

Por
23 de Maio de 2022
Livro antigo retrata o pensamento da época acerca da vida fora da Terra.
Créditos: Hansons

Publicado em 1698, o livro oferece uma visão única de como as pessoas da época percebiam a possibilidade de vida extraterrestre.

Descoberto pelo avaliador de livros Jim Spencer em um evento de avaliação de antiguidades em Gloucestershire, Inglaterra, o livro foi escrito por Christiaan Huygens e explora a possível existência de entidades extraterrestres, enquanto coloca a questão de porque Deus teria criado outros planetas apenas para nós olharmos. Seu título – “O Mundo Celestial Descoberto: Ou, Conjecturas Sobre os Habitantes, Plantas e Produções dos Mundos nos Planetas” é certamente longo.

Muitas das ideias e conclusões alcançadas por Huygens no livro parecem um pouco estranhas para os padrões de hoje, mas são consistentes com a ciência da época. Ele especula que os alienígenas inteligentes devem ter mãos como as nossas devido à sua conveniência e que também devem ter pés semelhantes aos humanos (a menos que tenham desenvolvido a capacidade de voar).

Ele também sugere que esses seres são propensos a praticar esportes e ter interesses semelhantes aos nossos, como astronomia, velejar e ouvir música, mas que eles também são propensos a serem afligidos pela pobreza, guerra e outros infortúnios, porque é o que promove a invenção e o progresso. Spencer disse que seu conteúdo parecia “quase cômico”, mas completou: “E quem sabe como nossos próprios pensamentos sobre esses assuntos parecerão às pessoas olhando para trás, em 324 anos?”


Jim Spencer posa com o raro livro.
Fonte: Hansons

Ele disse: “É fascinante pensar em quem virou estas páginas em 1698 e o que eles devem ter sentido ao ler essas descrições da vida em Júpiter ou Saturno antes de olharem para o céu noturno.” O avaliador do livro disse que folhear as páginas deu uma “sensação curiosa” devido ao seu assunto pertencer ao futuro ou à ficção científica, “(...) mas o escritor está falando conosco do passado.”

“Percebi que, desde então, exploramos não apenas mais o espaço, mas mais nosso próprio planeta.” Ele disse que o autor descartou a possibilidade de animais muito maiores do que os que existem atualmente na Terra porque foi escrito antes que os humanos soubessem sobre os dinossauros. “Acho que o assunto é tão atraente porque nos faz rir do que eles não sabiam, enquanto olhamos para o céu e percebemos que ainda é um mistério”, concluiu. O livro, que será vendido em 05 de julho no Hansons Library Auction em Bishton Hall, Staffordshire, deve chegar a US$4.000,00.

Fonte

Já está no ar a Edição 287 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2022

A noite oficial dos UFOs no Brasil