Edição 284

Biden revelará os segredos dos UFOs?

25 de Abril de 2021

Mundo Ufológico

FATOS DA UFOLOGIA BRASILEIRA E MUNDIAL

Nos últimos anos, o Oregon se tornou o marco zero para as mutilações de gado nos Estados Unidos. Agora, uma nova onda foi relatada na segunda semana de março e, sem uma causa clara, as pessoas estão mais uma vez dizendo que são alienígenas os responsáveis. “O Central Oregon Daily News tem rastreado relatos de mortes de gado suspeitas na região e alguns detalhes estão surgindo. Por exemplo, as mortes de vacas e touros acontecem em áreas remotas e, em muitos casos, suas orelhas, línguas e genitais são removidos com precisão cirúrgica”, noticiou o jornal. O Condado de Crook, no centro de Oregon, é o local do mais recente acontecimento, conforme relata o xerife James Savage.

Ele aponta que os condados adjacentes de Harney e Wheeler foram atingidos anteriormente por mutilações misteriosas, mas a proximidade não parece ajudar a localizar os culpados. Nem a frequência dos ataques ajuda e Savage diz que as mutilações acontecem desde os anos 1970: “O FBI tem arquivos sobre milhares de mortes e mutilações de gado misteriosas em todos os Estados Unidos desde os anos 70, mas nenhuma prisão de eventual culpado relatada”. A KTVZ TV, em Prineville, sede do Condado de Crook, sabe que não adianta chamar o FBI nem o governo, uma vez que as mutilações ocorrem tanto em áreas públicas de responsabilidade da Secretaria de Gestão de Terras quanto em fazendas privadas. A única coisa que podem fazer é espalhar que houve quatro mutilações recentemente e relatar toda e qualquer atividade suspeita ao escritório do xerife.

“É muito frustrante para mim. Primeiro, que isso é uma coisa sem sentido de se fazer a esses animais. Dois, que isso afeta nossos criadores de gado. O fato de nunca termos sido capazes de resolver um único caso é desanimador”, termina o xerife Savage. Qual seria a causa de uma onda de mutilações?

Novidades no caso de ataques a índios por UFOs no Acre

No mês de agosto houve a liberação de documentos da Funai obtidos pelo pesquisador Rony Vernet através da Lei de Acesso à Informação (LAI) que evidenciam o ataque de UFOs à tribo indígena Ashaninka Kampa do Amônia, localizada na fronteira do estado do Acre com o Peru. O material rendeu a matéria de capa da edição de março, UFO 283. Agora, o mesmo pesquisador conseguiu a liberação de imagens de um desses UFOs [Foto à direita]. Segundo Rony, elas são recortes de um vídeo de 2 minutos em alta resolução que mostram o sobrevoo do UFO próximo à comunidade indígena, além de tiros dados pelos indígenas contra o objeto não identificado. Esse vídeo foi colhido pela Polícia Federal e, segundo o pesquisador, a filmagem deverá ser liberada em breve.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS